A CMA CGM estará em negociações com estaleiros chineses e uma leasing para encomendar vários navios de 20 000 TEU, avança o “Splash 247”, citando analistas do mercado.
cma-cgm-bougainville

A confirmar-se, esta não será a primeira vez que a companhia francesa recorre a locadoras chinesas para expandir a frota através de contratos de fretamento.

Ainda não houve anúncio de encomendas de porta-contentores em 2016, mas os analistas prevêem que o anúncio da CMA CGM possa estar para breve.

A companhia francesa deverá finalizar a aquisição da Neptune Orient Lines (que opera no transporte de contentores com a APL) ao fundo estatal de Singapura Temasek Holdings,  no segundo semestre deste ano.

Em conjunto com os navios de 20 000 TEU que se prepara para encomendar, este negócio permitirá à CMA CGM cimentar o terceiro posto no ranking mundial, apesar das fusões em curso, com destaque para a das chinesas Cosco e CSCL. Este ranking é liderado pela Maersk Line, seguida pela MSC.

 

 

Comments are closed.