A CNH Industrial, dona da Iveco, anunciou a suspensão da maioria de suas operações de montagem na Europa por um período de duas semanas.

A decisão da CNH Industrial aplica-se a instalações agrícolas, de construção, comerciais e de produção de veículos especiais. A causa são as restrições da cadeia de abastecimento causadas pela situação de emergência da Covid-19.

A maioria das instalações de componentes permanecerá, porém, operacional. O objectivo é assegurar serviços mínimos, em conformidade com as medidas das autoridades nacionais de saúde, para garantir a continuidade do fornecimento às fábricas da holding localizadas fora da Europa.

Os armazéns de peças europeus e a maioria dos concessionários também permanecerão abertos para manter o serviço aos clientes.

“A decisão de encerrar as nossas fábricas industriais europeias por um período de duas semanas é motivada por interrupções na nossa cadeia de abastecimento europeia, que não permitem uma operação eficiente. Durante esses encerramentos temporários, serão realizados trabalhos de limpeza e saneamento em profundidade”, refere, citado em comunicado, Hubertus Mühlhäuser, CEO da CNH Industrial.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*