Depois da CLdN Cargo, o grupo Cobelfret ultima a criação de uma segunda filial em Portugal, agora para o negócio da CLdN RoRo.

Cobelfret

A novidade foi avançada no seminário de transporte marítimo do TRANSPORTES & NEGÓCIOS por Kristof Wuytack, membro da Direcção da CLdN RoRo, e detalhada agora por Sérgio Costa, o operacional do grupo belga em Portugal.

“Como o grupo está dividido em [quatro] unidades de negócio, chegou-se à conclusão da necessidade de iniciar [em Portugal] a actividade da CLdN RoRo, tendo como focus exclusivo servir os transportadores rodoviários internacionais, cargas de projecto, transporte de viaturas, contentores SOC’s, etc.”, avançou Sérgio Costa ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS.

O arranque da actividade deverá acontecer “dentro em breve, no mais curto espaço de tempo”, acrescentou, sem precisar.

A CLdN RoRo Portugal (?) juntar-se-á, assim, à CLdN Cargo Portugal, criada em Abril de 2014, e que integra a unidade de negócios de logística do grupo belga, focalizando-se “quase exclusivamente na vertente de contentores e trelas/semi-reboques próprios”.

A CLdN Cobelfret opera em Leixões duas escalas semanais e no ano passado terá movimentado 22 910 unidades de carga (5 600 em 2013) e 404 650 toneladas (75 171), guindando o porto nortenho à liderança nacional no segmento de carga ro-ro.

“A companhia está globalmente satisfeita com o trabalho desenvolvido, e daí também o investimento noutra empresa”, sublinha Sérgio Costa. Mas ainda há trabalho a ser feito na “consolidação da segunda saída, a meio da semana”, até por causa das incertezas que ainda pairam sobre a sustentabilidade do crescimento das exportações nacionais para os parceiros da UE.

 

Tags:

Os comentários estão encerrados.