Uma inédita, e inusitada, falta de material circulante obrigou ao cancelamento do Port2Rail, o curso de intermodalidade ferro-portuária previsto para estes dias.

A indisponibilidade de uma locomotiva e de uma carruagem de passageiros da CP impediu, à última hora, a realização do Port2Rail, o curso promovido pela Escola Europea Intermodal Transport de Barcelona, em parceria com a Intermodal Portugal.

O curso deveria ter começado na passada segunda-feira, para terminar hoje, depois de percorrer, em comboio, os terminais de mercadorias da Bobadela, Sines, Setúbal, Leixões e Entroncamento.

Um dos principais aliciantes da iniciativa – e que ditou o sucesso das primeiras edições – era, precisamente, o facto de as aulas serem dadas a bordo de um comboio de mercadorias da Medway. Mas para isso era necessário dotar a composição com uma carruagem de passageiros (e, já agora, uma carruagem-bar de apoio), ambas da CP. E, para as “alimentar”, uma locomotiva da operadora pública.

E foram esses equipamentos que faltaram na hora de fazer o comboio, anunciou a Intermodal Portugal, sem avançar detalhes.

E assim ficaram em terra as cerca de duas dezenas de alunos que se inscreveram no curso, único em Portugal.

 

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*