A partir de Junho, o comboio internacional “Celta”, que liga directamente o Porto e Vigo, aceitará passageiros também em Viana do Castelo, anunciou o presidente da Câmara local.

José Maria Costa terá recebido essa garantia do próprio presidente da CP, Manuel Queiró, na sequência do acordo entre os governos português e espanhol sobre a matéria.

O serviço directo do “Celta”, operado conjuntamente pela CP e pela Renfe, foi lançado em Julho de 2013. Pelo facto de circular numa via única, a composição efectua paragens técnicas (para cruzamento de comboios) em Valença, Caminha, Viana do Castelo e Darque, mas sempre foi recusada a ideia de aceitar passageiros.

A ausência de uma paragem em Viana do Castelo tem sido alvo de forte contestação de empresários e autarcas locais, por entenderem que “agrava” o “isolamento da região”, depois da introdução de portagens nas antigas Scut.

O tempo de viagem da ligação directa é de 2h15, 45 minutos menos que o anterior serviço, que contava 14 paragens intermédias.

Sobre a possibilidade de uma segunda paragem intermédia do “Celta”, para servir as populações dos concelhos de Barcelos e Braga, o autarca de Viana do Castelo disse à “Lusa” continuar “a ser analisada pela ministra do Fomento de Espanha, juntamente com a transportadora ferroviária espanhola [Renfe]”.

Não existem dados actualizados sobre a utilização do serviço “Celta”. Os últimos números reportam a Outubro do ano passado e referiam mais de 19 900 passageiros nos primeiros três meses de operação.

Comments are closed.