A Comunidade de Madrid vai, em 2015, subsidiar a compra de veículos comerciais ligeiros (categoria N1 até 3 500 kg) menos poluentes pelas empresas implantadas na região.

O montante do incentivo variará entre os 2 000 e os 6 000 euros, em função das emissões do veículo novo. Para ser elegível, a nova viatura terá de emitir menos de 160 g/km de CO2 e menos de 80 mg/km de NOx, mas apenas se o nível das emissões for inferior ou igual a 80 g/km de CO2 e 60 mg/km é que será concedido o montante máximo, de 6 000 euros.

Para beneficiarem do apoio, as empresas terão de apresentar o certificado de abate de outra viatura de transporte de mercadorias.

O governo da região de Madrid prevê que estes apoios, para os quais vai destinar um milhão de euros por exercício, permitam uma redução anual das emissões de 710 kg de NOx e 28 toneladas de CO2.

Estes auxílios serão compatíveis com os planos nacionais espanhóis de renovação de frotas, como o PIMA Aire, o Movele (veículos elétricos) e o PIVE.

Os comentários estão encerrados.