Apostar na comunicação e na promoção do porto no exterior são objectivos prioritários da Comunidade Portuária de Lisboa (CPL), que elegeu Rui Raposo como presidente da Direcção para o triénio 2016/2018.

Porto de Lisboa

 

Além de Rui Raposo (que representa a associação dos armadores da marinha de comércio, de que é presidente), foram também eleitos para presidir aos demais órgaos da CPL, Lídia Sequeira (APL) para a Mesa da Assembleia Geral, e Rui Casimiro (CDO) para o Conselho Fiscal.

Carlos Alberto Caldas Simões (Grupo ETE) foi nomeado secretário-geral.

Em comunicado emitido a propósito do acto eleitoral, sustentam que “a revitalização do Porto de Lisboa é essencial para restaurar a sua reputação a nível nacional e internacional e a Comunidade Portuária de Lisboa está disposta a contribuir para que a competitividade e eficiência voltem a ser a imagem de marca daquele que já foi o primeiro porto nacional”.

“Comunicar com mais regularidade, acompanhar a administração do Porto de Lisboa e o Governo em roadshows internacionais para divulgar o Porto e realizar um seminário, são alguns dos desafios já definidos para este ano”, acrescenta o texto.

 

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

Presidente

Maria Lídia Ferreira Sequeira (Administração do Porto de Lisboa)

Secretário

Rodrigo Gomes de Andrade Moura Martins (A-ETPL – Associação Empresa de Trabalho Portuário (ETP) Lisboa)

CONSELHO FISCAL

Presidente

Rui Paulo dos Santos Casimiro (CDO – Câmara dos Despachantes Oficiais)

Vogais

António Maia Sêco (Mutualista Açoreana dos Transportes Marítimos, S.A.)

DIREÇÃO

Rui Manuel Correia Raposo (AAMC – Associação dos Armadores da Marinha de Comércio)

Gonçalo Muller Sousa Andrade Delgado (ATF – Associação dos Armadores de Tráfego Fluvial)

Rui Maria Campos Henriques de Albuquerque D’Orey (AGEPOR – Associação dos Agentes de Navegação de Portugal)

José Joaquim Morais Rocha (AOPL – Associação de Operadores do Porto de Lisboa)

Paulo Jorge Mata Sousa Paiva (APAT – Associação dos Transitários de Portugal)

SECRETÁRIO-GERAL

Carlos Alberto Caldas Simões

Comments are closed.