A Autoridade da Concorrência lançou hoje o processo de consulta pública sobre a compra da CP Carga pela MSC Rail. Os interessados podem pronunciar-se até ao próximo dia 27.

CP Carga

A MSC Rail já havia notificado previamente, a 5 de Outubro, a Autoridade da Concorrência, e agora formalizou o anúncio da operação de concentração representada pela compra de até 100% do capital social da (agora ex) empresa pública de transporte ferroviário de mercadorias.

Os termos da privatização da CP Carga são contestados pelos sindicatos e pelos partidos da Oposição.

Em termos de concorrência, as principais reservas colocar-se-ão no relativo às potenciais consequências da integração vertical de processos que a MSC poderá empreender com a CP Carga.

Porém, Carlos Vasconcelos, o líder da MSC em Portugal, garantiu ainda no recente Seminário de Transporte Ferroviário promovido pelo TRANSPORTES & NEGÓCIOS que a MSC Rail continuará a funcionar como mais um cliente da CP Carga (que entretanto será rebaptizada), do mesmo modo que a CP Carga manterá todos os serviços e contratos herdados da anterior gestão.

A MSC Rail deseja que a decisão da Autoridade da Concorrência seja conhecida até ao final do ano corrente.

Ao abrigo do contrato de privatização, a MSC Rail obrigou-se a capitalizar a CP Carga em 51 milhões de euros e propõe-se fazê-lo de uma só vez, o mais rapidamente possível.

Comments are closed.