A onda de fusões e aquisições no transporte marítimo de contentores levou a uma estabilização “sem precedentes” dos preços médios dos fretes em todo o mundo, sustenta a Sea Intelligence.

A consultora dinamarquesa chegou àquela conclusão após analisar a flutuação dos preços dos fretes do transporte marítimo de contentores registados no índice mensal Container Trade Statistics (CTS) entre Janeiro de 2009 e Junho de 2019.

Indicam os dados do CTS que a volatilidade atingiu um nível estável a partir do início de 2017, com a Sea Intelligence a referir no relatório Sunday Spotlight que há “uma clara correlação entre a redução na volatilidade dos preços globais e o grau de consolidação do mercado”.

O documento indica que, “na essência, esse é exactamente o tipo de desenvolvimento esperado em qualquer sector que passe por uma transformação de um alto grau de fragmentação em ambiente concorrencial sensível a preço para um estado parecido com um oligopólio, onde a concorrência mudará cada vez mais para outros parâmetros”.

Os analistas da Sea Intelligence apontam, porém, no final do seu relatório, que, embora o estudo se refira ao desenvolvimento da média global dos preços dos fretes, as rotas individuais ainda podem exibir volatilidade acima da média, à medida que a capacidade é deslocada entre rotas.

 

 

 

 

Comments are closed.