O crescimento do tamanho dos navios e o cenário de fusões e aquisições nas companhias de transporte marítimo de contentores preocupam o ministro dos Transportes de Itália, Graziano Delrio. O governante está preocupado com os custos para os portos.

CMA CGM

“É com grande preocupação que observamos o tamanho cada vez maior de navios porta-contentores e a consolidação resultante das fusões e aquisições das operadoras globais no mercado”, afirmou o governante italiano, numa conferência realizada em Livorno.

“Embora haja uma redução de custo por TEU com os navios maiores, os custos para os portos estão a aumentar. Precisamos definir alguns limites dentro dos quais o sector deva trabalhar, já que não é aceitável que alguém transfira os custos para o Estado e privatize os lucros”, salientou o ministro.

“Não devemos ser simplesmente dominados pelas companhias de transporte de contentores, mas devemos ser capazes de impor certas condições e estabelecer limites dentro dos quais o comércio possa fluir”, sublinhou Graziano Delrio.

Os comentários estão encerrados.