A produção mundial dos portos de contentores aumentará 3,3% em 2020, de acordo com a previsão do mais recente relatório Container Forecaster, da Drewry.

O novo outlook da Drewry é melhor que o aumento de 2,3% estimado para 2019, mas representa uma revisão em baixa de 0,7 pontos percentuais em relação às perspectivas anteriores, divulgadas no final de Setembro de 2019.

As previsões da Drewry para o mercado de transporte de contentores permanecem, portanto, fracas, apesar do bem-vindo impulso do acordo comercial de “primeira fase” assinado pelos EUA e China.

De forma resumida, a Drewry prevê para 2020 um crescimento mais rápido da procura do que o registado no ano passado, um ligeiro aumento da sobrecapacidade, preços de fretes mais altos (incluindo o bunker) e uma pequena redução nos (já baixos) lucros anuais das companhias de transporte.

“As companhias devem ainda preparar-se para uma viagem atribulada em 2020 e não assumir que os fluxos comerciais anteriormente centrados na China serão retomados agora que uma solução para a guerra comercial está à vista”, disse, citado em comunicado de imprensa, Simon Heaney, director-chefe de pesquisa de contentores da Drewry e editor da Container Forecaster.

“Tendo percorrido esse caminho antes, os carregadores serão cautelosos e provavelmente continuarão a examinar planos de contingência que exigirão redes de transporte mais diversificadas”, acrescentou Heaney.

 

Comments are closed.