O terminal ferroviário de Leixões está a funcionar de modo intermitente e pode mesmo “fechar” as portas se se mantiver o actual congestionamento, avisa a Infraestruturas de Portugal.

Leixões - TCL

A IP Leixões suspendeu hoje, durante três horas, entre as 12 e as 15, a recepção de contentores por camião, e avisou que continuará a gerir as operações “à vista”, ora abrindo, ora fechando a portaria.

Em comunicado difundido ao mercado, a IP Leixões explicou a situação pelo “volume anómalo de contentores à exportação que estão a entrar no Terminal IP de Leixões, aliado à falta de escoamento pelo modo ferroviário”.

Para já, apenas as entregas de contentores por camião foram afectadas, mas a IP Leixões admite mesmo, no citado comunicado, “impedir a descarga de comboios de importação”, dado o excesso de contentores em depósito temporário em parque.

A rotura aconteceu hoje mas adivinhava-se há alguns dias, sublinha a gestora do terminal ferroviário, lembrando os alertas diários alertas “para a situação preocupante a que estava a chegar o stock de contentores em parque” feitos na semana passada.

O terminal ferroviário de Leixões tem há muito anunciado um sucessor na plataforma logística de Leixões mas o projecto tarda em sair do papel. A capacidade é limitada a 550 TEU.

This article has 2 comments

  1. É mais 1 “vergonha” ou falta de competência da SRª MINISTRA ANA PAULA VITORINO, há 2 anos com a pasta do mar e das autoridades portuárias e não dá conta do recado, pelo contrário, como não conclui as renegociações das concessões, o resultado está bem à vista conforme escrevo aqui há meses, não se têm feito os investimentos (públicos e privados) necessários acompanhar o crescimento dasnossas exportações, situação idêntica à da ANA/VINCI, seria melhor remodelar a MINISTRA que só “mete água”, os privados não investem se o prazo das concessões não for suficientemente dilatada para poderem ter a certeza que recuperam os investimentos, é lógico, a SENHORA MINISTRA NÃO PERCEBE NADA DE ECONOMIA E PORTUGAL PERDE COM ISSO ! …

  2. Alberto Diniz

    E anda o lobby encapotado do TGV a sugerir enterrarem-se milhões na reconversão de toda a rede para bitola europeia com a desculpa que em Espanha o estão a fazer. MENTIRA. A única coisa que em Espanha viaja em bitola Europeia é o TGV. As mercadorias andam na rede convencional de bitola ibérica.
    Em Portugal precisávamos era que as prometidas eletrificações estivessem feitas, que o troço Ovar/Gaia, altamente sobrecarregado, fosse renovado e triplicado, que a vergonha da linha da beira alta fosse rapidamente intervencionada.
    Estão a gastar milhões de Euros no troço Alfarelos/Pampilhosa e no final nem 1km/h a mais os comboios vão poder circular.