A Continental Mabor vai investir 100 milhões de euros na ampliação da unidade de Lousado, Vila Nova de Famalicão.
© Lusa

A nova unidade da Continental Mabor produzirá pneus para veículos de movimentação de terras e para aplicações portuárias, de jantes superiores a 24 polegadas de diâmetro, num total de três novos modelos. Serão criados mais 100 postos de trabalho.

O novo pavilhão industrial, que está a ser construído junto da unidade de produção de pneus agrícolas, “estará equipado com os mais modernos equipamentos e dispositivos automáticos, que foram desenhados para produzir pneus radiais englobando elevados padrões ergonómicos”, adianta o administrador executivo do
Grupo Continental e responsável para a divisão de pneus, Christian Kötz, citado em comunicado

A ampliação do complexo de Lousado deverá estar concluída em dois ou três anos.

“Com estes investimentos reforçamos a presença em Lousado e desenvolvemos uma fábrica que é das mais eficientes, apoiada num centro de competências para pneus radiais gigantes para uso fora da estrada”, sublinha Christian Kötz, acrescentando que esta nova unidade faz parte da estratégia de crescimento da Visão 2025 do Grupo Continental.

Para o presidente da Continental Mabor em Portugal, Pedro Carreira, “este novo investimento reflecte, uma vez mais, a confiança do accionista na equipa de Lousado” e segue a estratégia da equipa que lidera para a sustentabilidade da empresa, enfatizando o apoio do Estado português, “sem o qual não seria possível trazer mais este novo e importante investimento para a nossa comunidade e para o nosso país”.

Desde que chegou a Portugal, em 1990, a multinacional alemã já investiu 820 milhões de euros na unidade de Lousado através de sucessivas ampliações.

Em 2018, a Continental Mabor produziu cerca de 18 milhões de pneus para viaturas de passageiros e comerciais ligeiros e mais de 11 mil pneus agrícolas, tendo fechado o ano com mais de 2 150 pessoas no seu quadro permanente.

Comments are closed.