A Korea Ocean Business Corporation nasce oficialmente hoje, com a missão de apoiar a compra/construção de 200 novos navios por e para companhias sul-coreanas, num prazo três anos.

Coreia do Suil lança fundo para apoiar o shipping

A Korea Ocean Business Corporation arranca com um capital social de 5 biliões de wons (3,8 mil milhões de euros). Hwang Ho-sun, antigo professor da Universidade de Pukyong, foi o escolhido para primeiro presidente da organização.

A Korea Shipping and Maritime Transportation e a Korea Marine Guarantee Insurance foram integradas na nova companhia pública.

200 novos navios em três anos

O estabelecimento da Korea Ocean Business Corporation acelerará a encomenda de novas embarcações e o apoio financeiro para a construção de navios. A nova companhia tem planos para apoiar a construção de 200 novas embarcações para companhias sul-coreanas nos próximos três anos.

O governo financiará o equivalente a 30% do custo de construção de 40 navios e fornecerá garantias de pagamento para os 160 restantes.

De fora fica a Hyundai Merchant Marine, que já beneficiou de outros apoio para o seu programna de reforço e renovação da frota com 20 mega-navios.

A Korea Ocean Business Corporation também se propõe actuar na compra de navios usados para posterior fretamento a armadores nacionais, além de dinamizar outros mecanismos de apoio e protecção do sector do transporte marítimo-sul-coreano.

Seul pretende ainda lançar fundos de construção naval para canalizar fundos de investidores sul-coreanos e estrangeiros para a construção de novas embarcações. O Ministério anunciou que vários investidores estrangeiros expressaram interesse em investir nesses fundos.

Com a Korea Ocean Business Corporation é, assim, cumprida a promessa do Presidente Moon Jae-in de revitalizar a indústria naval, que estava à beira do colapso após a falência da Hanjin Shipping.

 

 

 

Os comentários estão encerrados.