A Autoridade da Concorrência da Coreia do Sul multou em 43 mil milhões de wons (32 milhões de euros) nove companhias marítimas por práticas de cartelização no transporte marítimo de veículos.

K Line - Car Carrier

As companhias  multada foram a MOL, NYK, K Line, EUKOR, CSAV, Zim, Hoegh, Wallenius Wilhelmsen Logistics (WWL), Eastern Car Liner (ECL) e Nissan Motor Car Carrier.

As práticas lesivas da concorrência verificaram-se entre Agosto de 2002 e Setembro de 2012. Nesse entretanto, as companhias envolvidas na prática não concorreram entre si, ora não acorrendo aos concursos lançados pelos construtores automóveis quando alguma delas já detinha o contrato, ora apresentando preços mais altos que os praticados pelos seus parceiros.

Terão sido assim lesados vários construtores automóveis, da Coreia do Sul e um pouco de todo o mundo, sustenta a Autoridade da Concorrência.

A sul-coreana MOL (e a subsidiária Nissan Motor Car Carrier)  foi a companhia mais castigada, com uma multa de 16,9 mil milhões de wons, mas a Autoridade da Concorrência terá aceite o seu pedido de clemência, anunciou a transportadora.

“Estamos a levar o anúncio da KFTC muito a sério. Estamos a realizar todos os esforços para evitar qualquer recorrência de tais problemas, melhorar ainda mais a estrutura de conformidade da MOL e recuperar a confiança do público”, acrescentou a MOL, em comunicado.

 

 

 

 

Tags:

Os comentários estão encerrados.