As obras de modernização do troço da Linha do Leste, entre Elvas e Caia (fronteira com Espanha), do futuro Corredor Internacional Sul, estão concluídas.

A Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou em comunicado ter iniciado as vistorias aos trabalhos realizados nos 11 quilómetros modernizados na Linha do Leste, no âmbito do projecto da ligação ferroviária do porto de Sines a Espanha.

A empreitada contemplou, entre outras melhorias, a ampliação da estação de Elvas e a reformulação do seu layout para acolher comboios de 750 metros de comprimento, a renovação integral da super-estrutura de via (carril, travessas e balastro), a preparação para futura implementação de sinalização electrónica (ETCS e GSM-R) e telecomando de catenária e futura electrificação e a supressão de passagens de nível.

O investimento, de 20,4 milhões de euros, beneficia do co-financiamento comunitário de 40%, através do CEF.

O troço agora modernizado, na prática, o último do que será a linha Sines-Caia, irá ligar-se ao novo canal ferroviário, em construção, entre Évora e a Linha do Leste, “numa lógica de desenvolvimento evolutivo” do Corredor Internacional Sul, refere a IP.

No comunicado, a gestora da infra-estrutura recorda os objectivos gerais do novo Corredor, entre eles a utilização de comboios  de 750 metros com tracção eléctrica, o aumento da capacidade de carga em tracção simples e a preparação para a migração de bitola, “mas apenas quando a rede espanhola mudar da bitola ibérica para a bitola europeia”.

This article has 1 comment

  1. O concurso deste 11 km foi lançado em 31 Março 2017 logo demorámos quase 3 anos como faltam mais 80 km até Évora ainda que tenham dividido obra em 3 sub-troços pelo menos até 2030 temos muita obra a fazer !