1 de Março é a data anunciada pela Cosco Container Lines para assumir a gestão da frota da China Shipping Container Lines (CSCL).

Cosco + CSCL

No âmbito da fusão da Cosco e da China Shipping, a nova entidade, denominada China Cosco Shipping Group, estruturará a sua actividade em quatro divisões: transporte marítimo de contentores, navios-tanque, serviços financeiros e terminais portuários.

A nova empresa tornar-se-á, de longe, a maior companhia marítima do mundo, quer em número de navios – 783 -, quer no valor estimado da frota – 22,95 mil milhões de dólares. A AP Moller Maersk, até aqui número um mundial, será relegada para o segundo posto, com apenas 500 navios, avaliados em dez mil milhões de dólares.

No transporte de contentores, a CSCL, actual número sete mundial em termos de capacidade (de acordo com a Alphaliner) desaparecerá, ficando apenas a Cosco Container Lines, agora número seis mundial mas a partir de 1 de Março número quatro, com mais de 1,5 milhões de TEU de capacidade de transporte.

A China Cosco Shipping Group será também o maior player mundial no mercado dos navios-tanque e dos graneleiros, em termos de capacidade e valor da frota.

 

Tags:

Comments are closed.