O Grupo Cosco terá encomendado nove porta-contentores de 20 000 TEU, com opção para mais quatro. A informação não é ainda oficial mas terá sido já confirmada por brokers.

Cosco

A encomenda dos nove navios terá sido distribuída por três estaleiros chineses. O Shanghai Waigaoqiao Shipbuilding (SWS) construirá quarto, o Nantong Cosco KHI Ship Engineering (NACKS) assegurará três e o Dalian Shipbuilding Industry Co (DSIC) os dois restantes.

Os novos navios deverão ser entregues a partir do segundo semestre de 2017.

Actualmente os maiores porta-contentores da Cosco não vão além dos 14 000 TEU, pelo que esta encomenda representa um passo de gigante. Com ela a companhia chinesa ultrapassará pela primeira vez a fasquia do milhão de TEU de capacidade da frota.

Note-se que em Abril e Maio foram várias as notícias que davam como iminente uma encomenda de dez navios de 19 000 TEU para a Cosco. Afinal, a companhia decidiu subir a parada.

A Cosco torna-se assim no mais recente membro do “clube” dos 20 000 TEU, onde já figuram, entre outros, a Maersk Line, a MSC, a CMA CGM, a OOCL ou a MOL.

A Cosco integra a CKYHE Alliance, que junta, além da companhia chinesa, a K Line, a Yang Ming, a Hanjin Shipping e a Evergreen.

Comments are closed.