A Cosco anunciou um plano de investimento de 620 milhões de dólares (500 milhões de euros) para desenvolver o porto do Pireu, o maior da Grécia, que controla desde Agosto do ano passado.

O plano da Autoridade Portuária do Pireu (PPA) inclui a criação do maior estaleiro no Leste do Mediterrâneo. O objectivo é que as instalações sejam capazes de prestar assistência a 450 embarcações por ano, com especial destaque para mega-iates.

Fazem ainda parte do projecto a construção de quatro novos hotéis dentro da área do porto em conjunto com novas instalações para receberem seis navios de cruzeiro e um centro comercial adjacente. A Cosco tem como objectivo tornar o Pireu num porto importante para cruzeiros, com especial enfoque nos turistas chineses.

Em termos de operações portuárias de mercadorias, o plano da PPA prevê um aumento contínuo do tráfego de contentores e no terminal de automóveis, e a melhoria das ligações ferroviárias aos pólos logísticos regionais.

Tráfego de contentores em alta

Entretanto, a Cosco anunciou que as concessões dos terminais II e III do porto grego aumentaram os volumes em 6,4% no ano passado face a 2016.

O tráfego de contentores ascendeu, nos dois terminais, a 3,69 milhões de TEU em 2017, contra 3,47 milhões de TEU no ano anterior.

Incluindo os volumes do terminal I, que é operado separadamente pela PPA, os volumes de carga contentorizada no Pireu terão sido superiores a quatro milhões de TEU em 2017.

 

Comments are closed.