A Cosco quer transformar o Pireu no maior porto de contentores do Mediterrâneo no prazo de 18 meses.

Porto do Pireu deverá crescer 35% este ano nos contentores

O porto grego é, actualmente, o terceiro maior da região. “O Pireu é o porto em mais rápido crescimento do mundo. Somente este ano, a administração pretende aumentar os tráfegos em 35%”, indica o CEO do Piraeus Container Terminal (PCT), Zhang Anming.

O Pireu transformou-se, em menos de dois anos, na grande estrela da Cosco fora da China. A produção dos terminais II e III do porto que serve Atenas aumentou 18,4%, para 2,075 milhões de toneladas, no primeiro semestre de 2018 face a 2017. Além disso, com um novo posto de atracação adicionado em Janeiro de 2018, o terminal I Cosco PPA subiu 63,3 %, para 1,6 milhões de TEU, elevando o volume total do porto do Pireu no primeiro semestre para 3,675 milhões de TEU.

A PCT informou que o lucro líquido dos terminais II e III no primeiro semestre de 2018 aumentou 25,8% face ao período homólogo do ano passado, para 13,64 milhões de dólares (11,75 milhões de euros).

A facturação total na primeira metade do ano foi de 111,45 milhões (96 milhões de euros), mais 31% em relação ao ano anterior.

O aumento dos volumes de tráfego – também em resultado do aumento do fluxo de contentores dos membros da Ocean Alliance – e a valorização do euro em relação ao dólar contribuíram para este desempenho.

 

 

Comments are closed.