A chinesa Cosco está a preparar a encomenda de, pelo menos, dez navios com capacidade para 19 000 TEU, avança o “Wall Street Journal”, que cita fontes próximas do processo.

Triple-E

Segundo o periódico norte-americano, a encomenda – avaliada em 1,4 mil milhões de dólares (1,28 mil milhões de euros) – será formalizada em finais de Maio junto de um estaleiro chinês cujo processo de selecção está a decorrer. Os navios deverão ser alinhados nos serviços Ásia-Europa.

A Cosco sempre se mostrou relutante em aderir à tendência de utilização dos mega-navios, por ter dúvidas sobre a capacidade de enchê-los. Mas agora, a confirmar-se a encomenda, os seus responsáveis terão cedido à pressão crescente da concorrência das alianças.

A Cosco integra a aliança CKYHE, com a K Line, a Yang Ming, a Hanjin Shipping e a Evergreen. Esta última encomendou em Janeiro 11 Triple-E.

Quando cheios, os Triple-E reduzem em cerca de 25% o custo unitário de transporte de contentores entre a Ásia e o Norte da Europa.

Tags:

Os comentários estão encerrados.