A Cosco Shipping Holdings propõe-se encaixar 12,9 mil milhões de yuans (1,67 mil milhões de euros) com um aumento de capital para financiar a construção de 20 novos porta-contentores, 11 dos quais de mais de 20 000 TEU.

Cosco

O aumento de capital será colocado junto de dez investidores. Só a China Cosco Shipping Corporation subscreverá 50% das novas acções.

A Cosco tem em construção em estaleiros chineses 20 navios porta-contentores: cinco serão de 13 800 TEU, quatro de 14 568 TEU, cinco de 20 119 TEU e seis de 21 237 TEU. As novas embarcações serão entregues entre 2018 e 2019.

Se o produto da emissão de novas acções não for suficiente para satisfazer as necessidades de investimento nas novas construções, a diferença será coberta pela Cosco através de capitais próprios.

O anúncio do aumento de capital surge depois da comunicação do regresso da Cosco aos lucros nos primeiros nove meses do ano. A companhia apurou no final de Setembro um resultado líquido de 2,7 mil milhões de yuans, que contrasta com as perdas de 9,2 mil milhões registadas no período homólogo de 2016.

A Cosco Shipping é a número cinco mundial no transporte marítimo de contentores, em termos de capacidade, com uma quota de 7% (1,8 milhões de TEU). Segundo a Alphaliner, a sua carteira de encomendas totaliza 29 navios com uma capacidade agregada de 522 mil TEU.

 

 

Comments are closed.