O Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário (SNTSF) entregou um pré-aviso de greve para o próximo dia 25 do corrente. Em causa ainda os cortes salariais decididos pelo Governo para as empresas públicas.

A paralisação, a verificar-se, terá a duração de 24 horas mas os seus efeitos poderão sentir-se também quer no dia 24, quer no dia 26, por força do trabalho por turnos praticado na empresa de transporte ferroviário de mercadorias.

Recorde-se que em Fevereiro uma greve de maquinistas da CP Carga foi desconvocada depois da a administração da empresa ter aceitado desenvolver “junto do Accionista e da Tutela, todos os esforços no sentido de ser concedido um regime de excepção” aos trabalhadores da empresa no concernente aos cortes salariais.

Na sequência, Rocha Soares e os seus pares foram demitidos pela administração da CP, por “quebra da relação de solidariedade institucional”.

Entretanto, e desde o passado dia 26 de Fevereiro, os trabalhadores da CP e da CP Carga estão a cumprir uma greve ao trabalho extraordinário, de que tem resultado a suspensão de muitos comboios, particularmente no longo curso.

 

 

Comments are closed.