A CP Carga será privatizada no decurso do segundo trimestre do próximo ano, anunciou hoje o ministro das Finanças.

A venda da CP Carga esteve para ser a primeira privatização do ano em curso. Em Março foi adiada para o segundo semestre e em Junho passado para 2013, sem que fosse adiantada qualquer data. Agora, Vítor Gaspar concretizou que será no segundo trimestre.

A CP Carga registou no ano passado um prejuízo de 30 milhões de euros, a somar aos 36,2 milhões registados em 2010. A empresa enfrenta uma queixa de “dumping” apresentada pela Takargo junto da Autoridade da Concorrência.

O Grupo ETE já manifestou o interesse de princípio na privatização da CP Carga. A Conteparque também poderá entrar na corrida, na sequência das mudanças anunciadas na sua estrutura accionista. A Mota-Engil (que controla a Takargo) descartou acorrer às privatizações. A DB Schenker é o candidato de que sempre se fala.

Na apresentação dos resultados de mais uma avaliação da “troika” à execução do programa de resgate português, o ministro Vítor Gaspar reafirmou o compromisso do Governo de concluir a venda da TAP e da ANA até ao final do corrente ano.

A privatização dos CTT ocorrerá logo no primeiro trimestre de 2013, acrescentou o responsável pela pasta das Finanças.

Os comentários estão encerrados.