Cerca de nove meses volvidos sobre a inauguração da ligação do porto de Aveiro à rede ferroviária nacional, um comboio da CP Carga saiu do recinto portuário com mercadorias destinadas a Madrid.

Foram 715 toneladas de produtos siderúrgicos (bobinas), que chegaram a Aveiro provenientes de Inglaterra e que seguiram viagem para a estação de El Salobral (Madrid) a bordo de 13 vagões.

A estreia da CP Carga é também a primeira concretização do objectivo estratégico do Porto de Aveiro de alargar o seu hinterland à região de Castela–Leão até Madrid. “O negócio enquadra-se numa estratégia de actuação comum, que envolve a Administração do Porto de Aveiro e a CP Carga, e com a qual se pretende uma afirmação crescente da actividade das duas entidades por ampliação continuada do hinterland (…) com recurso a soluções multimodais terrestres de base ferroviária”, afirmou a propósito o presidente da operadora ferroviária.

Em oito meses já foram recebidas/expedidas 123 mil toneladas em Aveiro por modo ferroviário, o que representa 4% das cargas movimentadas no porto, que cresceu cerca de 30%.

“Para a CP Carga trata-se de continuar a dar substância a uma das suas principais linhas estratégicas de desenvolvimento, que consiste na sua crescente presença nos fluxos marítimos do conjunto dos portos nacionais, os quais representam já cerca de 50% da sua actividade e onde detemos uma quota de 100%”, acrescentou Rocha Soares.

Os comentários estão encerrados.