Este ano deverão ser desmantelados navios graneleiros equivalentes a 30 milhões de toneladas TDW. Ainda assim, a oferta de capacidade global crescerá 3,8%, prevê a BIMCO.

Portline - Graneleiros

O excesso de oferta está a pressionar em baixa os fretes no mercado internacional de transporte marítimo de granéis sólidos e a motivar os armadores a abaterem um maior número de navios considerados obsoletos.

De acordo com os dados divulgados pela BIMCO, nos primeiros cinco meses do ano foram vendidos, para serem desmantelados, navios com uma capacidade agregada de17 milhões TDW. Até ao final do ano deverá chegar-se aos 30 milhões de toneladas, prevê a organização.

No mesmo sentido, nota, o ritmo de encomendas de novos navios abrandou. Este ano foram contratadas 35 novas construções (7 panamax, 12 handymax, 16 handysize e nenhum capesize), num total de 1,8 milhões TDW. Um contraste com o realizado em 2013/14, quando foram encomendados 1 981 navios, com uma capacidade agregada de 160 milhões TDW.

Actualmente a carteira de encomendas do sector ascende a 1 750 navios e 142 milhões TDW.

As perspectivas do mercado não são animadoras, resume a BIMCO. Quer pelo impacte do aumento inevitável da oferta de capacidade (é impossível compensar as encomendas de 2014/14), quer pela redução da procura em mercados fundamentais como a China.

Comments are closed.