Os CTT propõem-se investir este ano cinco milhões de euros na compra de bicicletas, motas, comerciais ligeiros e pesados e atrelados para renovarem a frota e reduzirem os consumos e as emissões.

Entre os 184 veículos a adquirir – os primeiros dos quais foram hoje apresentados – destacam-se as oito carrinhas e as oito motos 100% eléctricas, que se juntarão às 150 bicicletas electricamente assistidas adquiridas no ano passado.

A compra dos comerciais ligeiros de tracção eléctrica integra-se no projecto europeu FR-EVUE, que engloba oito cidades (entre as quais Lisboa) e tem co-financiamento comunitário.

Ainda este ano, os CTT propõem-se adquirir 25 camiões, seis atrelados de última geração, seis comerciais ligeiros e 154 motas de injecção electrónica.

No final do ano passado, os CTT operavam uma frota de 3 701 veículos (pesados, ligeiros, motociclos e velocípedes), com uma idade média inferior a quatro anos. A cada ano, são percorridos 66 milhões de quilómetros. Com as novas compras, 8% da frota passa a ser 100% eléctrica ou electricamente assistida.

Comments are closed.