A DB Schenker reforçou este mês a sua presença nos PALOP, com a integração do seu agente em Angola e a criação de uma delegação em Moçambique, anunciou o operador alemão.

Em Angola, onde começou a operar na dependência da Schenker Transitários, a DB Schenker integrou, com efeitos a partir do passado dia 1, o seu agente local nos últimos nove anos, a Bochimar.

Objectivo: “consolidar a nossa presença, desenvolver os fluxos entre a Europa e Angola, e acrescentar os nossos serviços nas actividades ligadas ao petróleo e ao gás”, resumiu, em comunicado, o director da companhia para o West Europa e West Africa.

No ano passado, a DB Schenker e a Bochimar terão processado mais de 3 400 contentores marítimos e 1 100 toneladas de carga aérea.

Em Moçambique, o escritório de Maputo, inaugurado também no passado dia 1, fica na dependência da Schenker South Africa. Também ali, para além das cargas marítimas e aéreas, são visadas as indústrias do petróleo e do gás.

Os comentários estão encerrados.