A DFDS e o Porto de Copenhaga Malmö vão investir juntos num sistema de abastecimento de energia aos navios a partir de terra (shore to ship).

Os trabalhos de projecto e planeamento das instalações shore to ship já estão em curso e as obras deverão arrancar em 2020. Uma vez construída a infra-estrutura, o Crown Seaways e o Pearl Seaways, da DFDS, poderão receber electricidade desde terra, o que reduzirá as emissões contaminantes no porto e na cidade de Copenhaga.

“Estamos ansiosos para trabalhar com o CMP e o município de Copenhaga para garantirmos o serviço de ferry entre as duas cidades no futuro”, afirmou, citado pela assessoria de imprensa, o CEO da dinamarquesa DFDS, Torben Carlsen.

Os sistemas shore to ship permitem aos navios desligar os motores durante a permanência em porto, com isso deixando de queimar combustível e, logo, eliminando as emissões poluentes.

O Porto de Copenhaga Malmö gere o porto dinamarquês de Copenhaga e o sueco de Malmö, localizados nas duas margens do Øresund, um estreito entre os dois países.

 

Comments are closed.