O Porto de Dunquerque e a DFDS vão investir 13,7 milhões de euros na expansão do terminal ro-pax para as ligações trans-Mancha.

Porto de Dunquerque

O projecto, financiado em 10% com fundos comunitários da Rede Transeuropeia de Transporte, resulta de um memorando de entendimento assinado pela autoridade portuária de Dunquerque e pela DFDS Seaways, em Novembro de 2013.

A DFDS será a responsável pela construção de um novo edifício para a recepção de passageiros e de cabines de controlo à entrada das instalações. Já a autoridade portuária construirá as infra-estruturas necessárias para o controlo de passageiros e veículos, além de alargar as áreas de estacionamento pré-embarque, dotando-as de uma capacidade superior à de dois navios completos.

O tráfego de camiões entre França e o Reino Unido é um dos mais importantes no porto de Dunquerque. Com esta expansão abre-se caminho ao surgimento de novos operadores. No imediato, assim as obras estejam concluídas, aumentar-se-á a capacidade de embarque/desembarque dos navios e a segurança das operações.

 

Comments are closed.