A plataforma da DHL Express no aeroporto do Porto é a primeira instalação nacional a receber a certificação internacional de segurança Technology Asset Protection (TAPA), anuncia a empresa.

A nova plataforma, inaugurada em Maio e que representou um investimento de cerca de cinco milhões de euros, obteve um resultado de 90,26% na auditoria realizada pela Bureau Veritas.

A certificação TAPA incide sobre a segurança física das instalações e sobre os procedimentos. Em termos práticos, os standards de segurança exigidos são muito semelhantes aos da C-TPAP (Custom-Trade Partnership Against Terrorism), pelo que a certificação TAPA é muito valorizada pelos clientes internacionais, em particular os norte-americanos ou que operam naquele país.

A nova plataforma DHL Express no “Francisco Sá Carneiro” recebeu também do INAC a licença de auto-assistência em escala, o que, segundo a empresa liderada por Américo Fernandes, torna a DHL “a única empresa [do sector], em Portugal, a poder realizar assistência das suas próprias aeronaves”.

Tal como o TRANSPORTES & NEGÓCIOS noticiou oportunamente, a plataforma da DHL Express no aeroporto nortenho está a servir de “modelo” para outras instalações da companhia noutros mercados, nomeadamente na Turquia.

Os comentários estão encerrados.