2018 e 2019 serão anos de fortes investimentos da DHL Express em Espanha. Sevilha, Málaga, Madrid, Santander, Bilbau e Barcelona são as plataformas visadas.

O director-geral da DHL Express Iberia, Miguel Borrás, anunciou os investimentos na entrega dos prémios “Atlas à Exportação”, organizados pelo operador em Madrid, e justificou-os como sendo uma resposta ao mercado.

Entre os investimentos elencados por Miguel Morrás está o arranque da operação, ainda este mês de Fevereiro, de novas instalações nos aeroportos de Sevilha e Málaga. No Verão, será a vez do novo hub do aeroporto de Madrid-Barajas, no qual o operador investiu fortemente em equipamentos, o que lhe permitirá gerir ali até 22 mil encomendas por hora.

Ainda no segundo semestre de 2018, a DHL Express também prevê fazer novos investimentos em Santander e Bilbau e, até 2019, abrirá um segundo centro de serviços em Barcelona para complementar as suas instalações no aeroporto de El Prat, bem como para gerir tráfegos rodoviários na capital catalã.

Estes novos investimentos juntam-se à recente inauguração, em Setembro de 2017, do hub no aeroporto de Vitória, com uma área de 7 500 metros quadrados e capacidade para processar 18 mil pacotes por hora.

 

 

Os comentários estão encerrados.