John Pearson é o novo CEO da DHL Express. Sucede a Ken Allen, que assume a liderança da mais recente divisão da DHL, eCommerce Solutions.

John Pearson integrou o Conselho de Administração da DHL Express no passado dia 1. “Estamos felizes pelo John Pearson fazer parte do nosso Conselho de Administração”, afirmou a propósito o CEO do Grupo Deutsche Post DHL, citado pela assessoria de imprensa.

“Pearson tem um reconhecido percurso e um conhecimento aprofundado dos negócios da DHL Express. O seu grande conhecimento operacional e a sua experiência empresarial dentro da divisão vão assegurar a continuação do crescimento da DHL Express nos próximos anos”, acrescentou Frank Appel.

“A DHL Express tem experienciado uma verdadeira história de sucesso no decorrer dos últimos dez anos, ao longo da qual o forte crescimento das receitas já gerou contribuições financeiras significativas para o Grupo” referiu, por seu turno, o novo CEO.

“Tenho orgulho de levar a DHL Express até ao próximo nível. Vamos utilizar todos os canais existentes para transformar as oportunidades em crescimento. Estamos a modernizar a nossa frota aérea regional e intercontinental, vamos continuar a investir na nossa infra-estrutura internacional e em tecnologias inovadoras, ao mesmo tempo que nos certificamos de que os nossos processos de entrega estão alinhados com as necessidades dos nossos clientes de modo a manter o excelente nível de experiência e satisfação”, acrescentou.

A DHL Express pretende capitalizar a evolução do comércio mundial nos próximos anos. Como resultado do aumento do comércio electrónico, os mercados europeus, americanos e asiáticos têm registado um crescimento económico contínuo, o que lhes confere grande potencial para o transporte expresso internacional na área de consumo. Além disso, estes mercados continuam a ser a base dos serviços de logística orientados para o B2B em vários sectores da indústria, como é o caso dos sectores automóvel, ciências da vida e saúde, banca, retalho e tecnologia.

Em Portugal, a DHL Express opera no transporte expresso internacional de encomendas e documentos, com uma rede de 10 instalações e cerca de 350 service points, uma equipa de 500 colaboradores e uma frota de cerca de 200 veículos e três aviões dedicados.

  

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*