A Deutsche Post DHL estará a ponderar vender a deficitária unidade de negócio DHL Global Forwarding (DGF), avança a “Reuters”. O “The Loadstar” anuncia que DHL Freight interessa à Japan Post, estando “o negócio quase concluído”.

DHL

A venda da DHL Freight será feita “por um preço entre quatro mil milhões e cinco mil milhões de dólares [3,55 mil milhões a 4,55 mil milhões de euros]”. Os analistas acreditam, porém, que um valor daquela grandeza deverá englobar toda a unidade DGF e não apenas a DHL Freight.

“É uma grande valorização, mas não é proibitiva, sobretudo se tivermos em conta que as empresas japonesas costumam pagar em excesso as fusões e aquisições. Por cinco mil milhões de dólares [4,55 mil milhões de euros], a DGF, que tem margens insignificantes, seria avaliada a cerca de 0,33 vezes as vendas e 15 vezes o EBIT, presumindo que as vendas e o EBIT não mudaram muito face ao ano anterior”, considera o analista financeiro do “The Loadstar” Alessandro Passetti.

Outros especialistas consideram difícil que a Japan Post pretenda avançar para o negócio, depois de no ano passado ter comprado a australiana Toll Group por uns impressionantes 5,1 mil milhões de dólares (4,53 mil milhões de euros). Também há dúvidas sobre se o Governo alemão autorizará a operação, dado que representará perdas de empregos e aumentará custos adicionais para outras empresas do grupo Deutsche Post DHL.

Por outro lado, a DGF passa por dificuldades e já não há, segundo um outro analista ouvido pelo “The Loadstar”, muitas companhias que ainda possam ser alvo de aquisição ou de fusão.

 

Comments are closed.