A DHL tornou-se o primeiro operador logístico a integrar um drone na sua cadeia de distribuição.

A decisão surge após três meses de testes da terceira geração do “parcelcopter”. Os testes decorreram entre Janeiro e Março, na Alemanha, na zona de Winklmoosalm, com os clientes a entregarem os pacotes em estações especialmente preparadas, a partir de onde a distribuição era feita por drone.

No total, a DHL realizou 130 ciclos de carga e descarga de forma autónoma, nas quais o veículo aéreo não tripulado efectuou as operações a distâncias e com pesos de carga crescentes.

O “parcelcopter” testado na Alemanha chegou, mesmo, a fazer entregas na região dos Alpes, o que atesta a possibilidade de fazer entregas sob condições geográficas e meteorológicas difíceis. Fez percursos de oito quilómetros e a uma altura de 1 200 metros do nível do mar.

A DHL entregou, ao longo do teste, material desportivo e medicamentos urgentes, em oito minutos. De acordo com a companhia, o mesmo percurso por estrada demoraria, no Inverno, mais de 30 minutos.

A companhia vai agora analisar os resultados da investigação para estudar a aplicação da tecnologia em outras áreas.

 

 

Tags:

Comments are closed.