A Douro Azul propõe-se investir 14-15 milhões de euros em mais um navio-hotel para o Douro. A lotação está vendida por cinco anos. Falta saber se será construído em Portugal.

Douro Azul - Douro Cruiser

O novo navio terá 63 cabinas duplas, o que representará uma capacidade para 126 passageiros. Considerando o contrato fechado por Mario Ferreira, em Londres, para uma ocupação de cinco anos, com o operador britânico Rivieira, serão mais cerca de 4 200 turistas a viajar no Douro e mais 4,6 milhões de euros de volume de negócios para a empresa nacional.

Como sempre, o empresário admite encomendar o novo navio a estaleiros portugueses (os últimos foram contratados com a Navalria e com a WestSea, ambas do grupo Martifer), mas avisa que recebeu propostas tentadoras da vizinha Galiza e também da Croácia.

Em Londres, no World Travel Market, Mário Ferreira esteve também a vender os cruzeiros da participada alemã Nicko Cruises, recentemente adquirida. E terá garantido bons negócios também para o Centro da Europa.

Este ano, a Douro Azul deverá fazer um volume de negócios de mais de 36 milhões de euros (contra os 31,5 milhões de 2014), só no negócio dos cruzeiros.

 

Comments are closed.