Até 2050, o grupo Deutsche Post DHL propõe-se reduzir a zero as emissões relacionadas com as operações de transporte e logística.

Frank Appel, CEO do Grupo Deutsche Post DHL

O objectivo é ambicioso, mas o grupo germânico tem já a experiência do seu programa de proteção ambiental GoGreen, com o qual atingiu, já em 2016, a meta de 2020 de melhorar a eficiência de carbono em 30% em relação a 2007.

Agora, o compromisso das zero emissões é para ser alcançado em 2050, e para isso a Deutsche Post fixou, já para 205, metas intermédias como “aumentar, a nível global, a eficiência de carbono das suas actividades e dos seus subcontratados de transporte, em 50%, em relação a 2007”, “operar 70% dos seus serviços de recolha e entrega com soluções ecológicas, optando pelo uso de bicicletas ou carros elétricos, por exemplo”, “incorporar soluções ecológicas em mais de 50% das vendas”, “formar e certificar 80% dos Membros DHL como especialistas ‘GoGreen'” e “plantar um milhão de árvores por ano”.

“As decisões que tomamos hoje serão determinantes para as nossas crianças daqui a 30 anos”, salientou, a propósito, Frank Appel, CEO do Grupo Deutsche Post DHL, citado no comunicado de imprensa.

 

Comments are closed.