A DP World e o fundo de pensões canadiano Caisse de Depot et Placement du Quebec (CDPQ) constituíram um fundo de investimento de 3 700 milhões de dólares (3 475 milhões de euros) para investir em portos e terminais.
dp-world-canada

O fundo é detido a 55% pela DP World e a 45% pela CDPQ.

O fundo propõe-se investir em portos e terminais em todo mundo, com excepção para os Emirados Árabes Unidos. Maioritariamente, os investimentos destinar-se-ão a terminais já em laboração. Mas 25% do capital destinar-se-á projectos de raiz.

O fundo arranca com dois terminais de contentores da DP World na Costa Oeste do Canadá, em Vancouver e Prince Rupert, com o CDPQ a comprar uma fatia de 45% em ambos os activos por 640 mil dólares (601 milhões de euros).

A CQPD é um dos maiores fundos de pensões da América do Norte. Os fundos de pensões canadianos têm uma já tradição de investimentos em infraestruturas de transportes. No caso dos terminais, fundos de pensões de Ontário compraram há cerca de uma década activos da OOCL.

Os comentários estão encerrados.