A DP World e a Virgin Hyperloop One joficializaram a DP World Cargospeed, joint-venture para o transporte de mercadorias através de cápsula de alta velocidade em levitação.

A nova companhia irá transportar produtos de alta prioridade e sensíveis ao tempo como alimentos frescos, produtos farmacêuticos e dispositivos electrónicos, ligando aos modos de transporte já existentes. ().

O Dubai está na vanguarda no desenvolvimento da tecnologia hyperloop, que tem como objectivo transportar mercadorias e passageiros através de tubos de baixa pressão em cápsulas em levitação que poderão atingir velocidades de até 1 200 km/h.

A DP World tornou-se um investidor importante na Virgin Hyperloop One em 2016 e o presidente e CEO do grupo, o sultão Ahmed Bin Sulayem, ocupa um dos lugares no conselho de administração.

“Acreditamos na visão de longo prazo da Virgin Hyperloop One. São o parceiro certo para moldar o futuro da logística global, e estamos ansiosos para desenvolver os primeiros sistemas da DP World Cargospeed com eles”, afirmou Ahmed Bin Sulayem, no domingo, no Dubai, no lançamento da joint-venture.

Também presente na cerimónia, o fundador e CEO do grupo Virgin, Richard Branson, destacou a mudança dramática no comportamento de consumidores e negócios provocada pelo comércio electrónico.

“Entregas à medida são uma novidade hoje. Amanhã serão a expectativa. Os sistemas DP World Cargospeed, desenvolvidos pela Virgin Hyperloop One, permitirão entregas ultra-rápidas e à medida de produtos de alta prioridade e poderão revolucionar a logística, apoiar as zonas económicas e criar prósperas mega-regiões económicas”, afirmou o empresário britânico.

 

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários estão encerrados.