A recuperação dos mercados e a operação de dois novos terminais foram determinantes para os resultados positivos da DP World em 2010.

A companhia, um dos principais operadores mundiais de terminais de contentores, anunciou ter movimentado no ano passado 49,6 milhões de TEU, mais 6,2 milhões, ou 14%, que em 2009. Com isso recuperou das perdas sofridas com a crise e superou mesmo o anterior máximo, fixado em 2008.

Numa base light-for-light, não considerando os novos terminais, o crescimento foi um pouco menos expressivo mas atingiu ainda assim os 10%, acrescentaram os responsáveis da companhia do Dubai.

No ano passado a DP World começou a operar o terminal de contentores de Callao, no Peru, e realizou o primeiro exercício completo do terminal de Saigão, no Vietname.

Os números finais foram ainda suportados pelo crescimento verificado na Austrália, América e Ásia-Pacífico, mais do que na Europa.

Para o ano corrente, a DP World alinha pelas previsões de um crescimento da actividade na casa dos 7%.

A companhia acordou recentemente a venda de 75% do seu negócio australiano a um fundo de capital de risco. Questionados a propósito, os seus responsáveis escusaram-se a comentar possíveis novas alienações, mas afirmaram que a empresa ficará com bastante cash para investir depois de concluída a operação.

Comments are closed.