O grupo DPD prossegue a sua expansão em Espanha, agora com a entrada no capital da companhia de transporte urgente Tipsa. Os valores do negócio não foram revelados.

O acordo, que aguarda as habituais aprovações das autoridades da concorrência, prevê que Tipsa e DPD mantenham as suas marcas e equipas, continuando a operar como entidades independentes.

A operação oferece, segundo Yves Delmas, director-geral da DPD na Europa, “uma oportunidade de crescimento, devido à complementaridade de ambas as companhias e ao reconhecimento da sua [Tipsa] qualidade do serviço no sector de transporte urgente”.

A CEO da Tipsa, María Luisa Camacho, refere, por seu turno, que o acordo irá permitir à companhia “desenvolver os negócios internacionais, melhorar a oferta em certos sectores, como o farmacêutico ou o alimentar, complementar duas redes de pontos de entrega convenientes para comércio electrónico, como é o caso da Pickup e Yupick!, e melhorar a cobertura comercial e operacional de soluções para grandes, médias e pequenas empresas”.

O grupo DPD ocupa a segunda posição do mercado europeu de transporte expresso. Com mais de 75 mil especialistas em entregas e uma rede de mais de 42 mil pontos de recolha local, a companhia francesa entrega 5,2 milhões de encomendas por dia através das marcas DPD, Chronopost, Seur e BRT. A identidade internacional sob a qual a GeoPost opera como um grupo único na Europa facturou 7,3 mil milhões de euros em 2018.

A DPD está presente em Portugal através da Chronopost e da Seur, que agora se fusionaram na DPD Portugal, que reclama a liderança no mercado nacional de entregas de encomendas.

 

 

 

Comments are closed.