A easyJet acordou a compra de parte das operações da falida Air Berlin no aeroporto de Berlim Tegel, num investimento de 40 milhões de euros.

Air Berlin

O acordo prevê que a low cost britânica assuma os contratos de leasing de 25 aviões A320 da Air Berlin e integre cerca de mil trabalhadores, entre pilotos e pessoa de cabina. O negócio inclui ainda a compra de slots, uma vez que a easyJet se propõe estabelecer em Berlim Tegel uma segunda base em Berlim (a juntar à de Berlim Schönefeld).

A transacção terá ainda de ser aprovada pelas autoridades competentes, o que se espera aconteça até ao final do ano corrente.

No horário de Inverno as operações da easyJet em Berlim Tegel serão ainda reduzidas, mas para o Verão a companhia prevê a operação em pleno, para destinos na Alemanha e noutros países, com o lançamento de novas rotas.

A Air Berlin declarou-se em insolvência em 15 de Agosto e cessou as operações no último sábado.

No entretanto, a Lufthansa acordou a compra de 81 aviões e a integração de 3 000 dos 6 000 funcionários da companhia que chegou a ser a número dois na Alemanha.

Há poucos dias, a Zeitfracht acordou a compra da Leisure Cargo, a filial de carga da Air Berlin, e estará ainda a negociar a Air Berlin Technik.

 

 

Comments are closed.