Setúbal conta, desde hoje, com uma nova associação – a MAR7 – que pretende contribuir para o desenvolvimento da economia do mar no distrito. O presidente do Porto de Setúbal é um dos promotores.

Os sócios fundadores da MAR7 – Paulo Ribeiro, Vitor Caldeirinha, Pedro Dominguinhos, Fernanda Nunes, Fátima Évora, João Paulo Almeida, Bartolomeu Lança e Miguel Menezes – são, de acordo com o comunicado emitido, “cidadãos ligados directa e indirectamente ao mar, que desenvolvem a sua actividade ou residem em Setúbal e querem ver concretizado o desígnio do Mar na região, com investimentos e iniciativas que resultem da conjugação de esforços de empresários empreendedores, empresas estabelecidas e entidades da região, com o apoio dos novos fundos comunitários que foram criados para o efeito”.

A mesma nota acrescenta que a MAR7 “pretende fomentar e facilitar o empreendedorismo no Mar como desígnio principal, visando a criação de valor e emprego, voltando as pessoas para o Mar novamente”.

A nova associação setubalense realça como atribuições impulsionar o investimento estruturante, qualificante e inovador no domínio do Mar; fomentar as atividades marítimas e dos produtos de mar no mercado interno e externo; divulgar o potencial económico por explorar do recurso Mar; organizar eventos e missões empresariais associadas ao mar; e desenvolver estudos, acções de formação adequadas ao desenvolvimento das actividades marítimas.

O âmbito de actuação da associação inclui as seguintes actividades: pesca, aquicultura, salicultura e indústria de transformação do pescado e distribuição; portos, transportes marítimos e logística; construção naval e reparação naval; áreas ribeirinhas, lazer e desportos náuticos; náutica de recreio e actividades de apoio; marítimo-turísticas e turismo/cruzeiros; formação; energias marinhas; biotecnologias marinhas; e exploração do solo e do subsolo marinho.

Os comentários estão encerrados.