A Ecoslops acordou com o Grupo Total a instalação próximo do porto de Marselha de uma micro-refinaria de óleos residuais semelhante à que tem a operar junto ao porto de Sines.

Ecoslops

 

O acordo com a Total prevê a instalação da unidade de reciclagem e transformação de resíduos petrolíferos em La Mède, nas proximidades do maior porto gaulês. A construção deverá iniciar-se no segundo trimestre de 2018 e o início da laboração acontecerá no final do próximo ano.

Em Marselha como em Sines, a Ecoslops propõe-se reciclar os óleos resíduos (“slops”)  e transformá-los em combustíveis navais e betumes leves.

A produção gaulesa será vendida localmente ou nos mercados internacionais.

Em Sines, a unidade da Ecoslops, pioneira a nível mundial, tem uma capacidade de produção instalada de 30 mil toneladas/ano. Está a laborar desde 2015.

Comments are closed.