A Efacec mais do duplicou a facturação da mobilidade eléctrica, atingindo os 36 milhões de euros, em 2018, face aos 17 milhões de 2017.

A empresa deu conta dos resultados da nova unidade industrial dedicada à mobilidade eléctrica durante a visita do Comissário Europeu para a área da Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, às instalações, na Maia.

Além disso, realçou a Efacec, “o crescimento é visível também na captação de talento, com a contratação de mais 100 pessoas para reforçar a equipa dedicada a esta área de negócio”.

A empresa conseguiu assim triplicar “a produção de carregadores rápidos e ultra-rápidos” e lançar novos projectos, “nomeadamente soluções de carregamento” com armazenamento incluído, “soluções integradas (hardware e software) para carregamento residencial e frotas, soluções de carregamento para frotas de camiões e evoluir a gama de alta potência”, acrescentou.

Neste momento, o negócio da mobilidade eléctrica representa 6% no total da Efacec, sendo que o grupo pretende que atinja os 15%, ou seja, perto de 100 milhões de euros. A Europa e a América pesam perto de 90% neste nesta área.

 

Comments are closed.