A ministra do Fomento espanhola reafirmou a intenção de avançar no primeiro trimestre de 2013 com os concursos para a construção/adaptação do Corredor Mediterrânico em bitola UIC.

Espanha pretende candidatar as obras aos fundos comunitários em 2013 e 2014, além de tentar o financiamento por parte do BEI. O valor total do investimento rondará os 1,4 mil milhões de euros.

Os trabalhos de construção/adaptação da linha em bitola europeia estender-se-ão por cerca de 579 quilómetros. A instalação do terceiro carril, além de tornar mais rápida e barata a adaptação da via, da bitola ibérica para a bitola europeia, permitirá ainda compatibilizar a circulação dos comboios regionais e suburbanos (que continuarão a usar a bitola ibérica) com a dos comboios de bitola europeia.

O Corredor Mediterrânico, como o nome o indica, corre ao longo da costa mediterrânica espanhola, devendo permitir a ligação dos principais portos da região (Algeciras, Valência, Barcelona, Tarragona, etc.) ao Centro da Europa.

Comments are closed.