A Embraer encerrou 2014 com um total de 208 aviões entregues e uma carteira de encomendas avaliada em 20,9 mil milhões de dólares.

A companhia brasileira entregou 92 aviões no sector da aviação comercial e 116 ao mercado de aviação executiva (92 jactos leves e 24 jactos grandes).

Na comparação com o exercício de 2013, verificou-se uma melhoria no segmento da aviação comercial (90 entregas há dois anos), enquanto na aviação executiva se registou um ligeiro retrocesso (119 entregas).

Só no quarto trimestre do ano passado, o construtor brasileiro entregou 30 aparelhos para a aviação comercial (22 E175, cinco E190 e três E195) e 52 para a aviação executiva, dos quais 38 jactos leves e jactos 14 grandes (nove Phenom 100, 29 Phenom 300, 10 Legacy 650, três Legacy 500 e um Lineage 1000).

No final do ano, o valor da carteira de encomendas firmes ascendia a 20,9 mil milhões de dólares, o que representa uma melhoria face aos 18,9 mil milhões de 2013.

A Embraer detém uma unidade industrial em Évora e controla a OGMA, em Alverca.

 

 

Tags:

Comments are closed.