A Embraer contratou com o grupo Air France-KLM a venda de 17 E-Jets, com opção para outros tantos, num negócio que pode ascender aos 1,5 mil milhões de dólares, anunciou a construtora brasileira.

Embraer

A encomenda firme contempla o fornecimento de 17 aviões para a KLM Cityhopper, subsidiária regional da KLM. Serão quinze jactos E175 (com capacidade para 88 passageiros) e dois aviões E190 (114 passageiros).

A opção para outros 17 E-Jets, que duplicaria o valor do contrato, terá como destinatárias a KLM Cityhopper ou a HOP!, uma subsidiária regional da Air France.

A KLM Cityhopper já opera com 28 E190. Os 17 aparelhos agora encomendados destinam-se a substituir 19 Fokker F70, que a companhia aérea está a retirar de operação.

A entrega do primeiro E190 está programada para ocorrer até ao final do ano corrente e o primeiro E175 entrará ao serviço no primeiro semestre de 2016.

A KLM Cityhopper opera cerca de 300 voos diários para a KLM, cobrindo essencialmente cidades de negócios europeias.

Comments are closed.