O novo presidente da CP espera ter a oficina da EMEF de Guifões, Matosinhos, a trabalhar a 100% “no fim do ano”, a recuperar comboios para operarem já no próximo Verão.

“Gostaria muito de, no próximo Verão, ver alguma diferença na Linha do Douro”, afirmou Nuno Freitas, nomeado presidente da CP há uma semana, numa visita à oficina da EMEF de Guifões, que vai voltar a receber comboios
para reparação e deve estar a laborar “praticamente a 100% no fim do ano”.

De acordo com o responsável, a recuperação de composições da CP num prazo de 18 meses servirá para “reforçar a Linha de Sintra”, as linhas que estão a ser electrificadas, “nomeadamente Viana do Castelo” e a Linha do Douro, o que “permitirá libertar material circulante para as linhas do Oeste, para Beja e eventualmente para o Algarve”.

A reactivação da oficina de Guifões faz parte do plano do Governo para recuperar comboios que tinham sido abandonados, até que comecem a chegar, em 2023, os primeiros dos 22 comboios a encomendar.

Tags:

Comments are closed.