A rede “Gira” de bicicletas partilhadas de Lisboa já chegou a Alvalade e às Avenidas Novas. Com o Parque das Nações, contam-se agora 43 estações e 409 bicicletas.

Bike sharing Lisboa

Além da expansão da rede, a EMEL anuncia algumas alterações nas regras de utilização do sistema, justificadas com as sugestões dos utilizadores. Assim, “a duração dos períodos de viagem passa para 45 minutos, em vez dos anteriores 30 minutos para os passes anual e mensal e de 60 minutos no passe diário”, refere a empresa, em nota de imprensa.

Por outro lado, “Nos passes anual e mensal o tempo de espera [entre viagens] desce de 15 para 5 minutos; no passe diário haverá também uma espera de 5 minutos entre cada viagem, em vez dos anteriores 30 minutos”, acrescenta a empresa municipal.

A rede de bicicletas partilhadas de Lisboa começou a operar a 19 de Setembro. No primeiro mês, com apenas 100 bicicletas e dez estações na zona do Parque das Nações, registaram-se seis mil viagens e 860 passes subscritos. Até agora, realizaram-se mais de 26 mil viagens e foram subscritos mais de dois mil passes.

Actualmente, a rede de estações abarca algumas das principais artérias da cidade, incluindo a Alameda dos Oceanos, Av. Fontes Pereira de Melo, Praça Duque de Saldanha, Av. António Augusto de Aguiar, Av. Duque de Ávila, Av. República, Av. Barbosa Du Bocage, Campo Grande e Av. do Brasil.

Mais estações ficam agora prometidas para o primeiro trimestre do próximo ano.

O serviço “Gira” tem três modalidades de adesão: o Passe Anual (25 euros) e o Passe Mensal (15 euros), destinados apenas a residentes em Portugal, e o Passe Diário (10 euros) principalmente destinado a turistas que passam por Lisboa.

Tags:

Os comentários estão encerrados.